Faerûn

Em Faerûn as cadeias montanhosas se mesclam às florestas nebulosas salpicadas de ruínas de castelos e de civilizações esquecidas. Cidades-estado, vastos reinos, teocracias, magocracias e regiões governados por poderosos dragões mortos-vivos buscam expandir sua influência. Viajantes passam por cadeias montanhosas, planícies desgramadas, desertos devastados, florestas exuberantes e ilhas que flutuam no céu.

Na epidemia da Praga Mágica, países inteiros foram devastados, especialmente regiões faerûnianas ao sul do Mar das Estrelas Cadentes. Outras regiões foram pouco comprometidas, se comparar com oque aconteceu ali. Entretanto mesmo nos locais menos deformados foi possível visualizar no céu topos de paisagens.

Quando os Eladrin pisaram pela primeira vez sobre o solo verdejante do continente eles batizaram o novo mundo de Faerûn, um termo élfico que significaria algo como “Uma Terra” . Hoje Faerûn compreende apenas a porção ocidental de uma imensa massa de terra; Kara-Tur é o nome da parte oriental. Faerûn é o berço do mundo; limitada ao oeste pelo Mar Sem Rastros, ao sul pelo Grande Mar, a leste pelas vastidões das Terras da Horda e ao norte pelo gelo do Ártico Desolado.

Faerûn

Faerun Renascida Xupim